Isso é Magis
20
out

Um amor especial: a aventura de adotar um bichinho

Gatinhos dormindo no sofá, um cachorrinho correndo atrás das folhas pelo quintal… os bichos de estimação dão vida à casa. A companhia que fazem é o mais importante, mas há muitos outros bons motivos para adotar um. Eles nos ensinam a ser responsáveis, pacientes, e podem até ajudar na prática da atividade física diária, o que vai trazer mais saúde a todos, bicho e gente! Claro, também precisam de atenção, precisam que você invista tempo e dinheiro para garantir a eles a qualidade de vida que merecem, como nossos grandes amigos.

animais_de_estimacao3

Se houver crianças na família, é ainda uma excelente oportunidade para ensiná-las a lidar com um animalzinho, o que deve ser assumido pelos adultos. Se o bichinho for adotado da rua, melhor ainda, pois vai haver um ensinamento extra sobre generosidade, compaixão e responsabilidade social.

E não é só para as crianças que os bichos fazem bem. Há pessoas de idade avançada escolhendo adotar um peludinho. Não é por menos, eles sabem escutar e são excelentes companhias. Muitas vezes, respondem da melhor forma possível: com um carinho como conselho e consolo.

Mas a escolha por uma vida com nossos amiguinhos deve ser bem pensada:  como é o local onde você mora? Quais adaptações deverão ser feitas ao espaço para recebê-lo?  Qual o tempo e a disposição que as pessoas da casa podem dedicar a ele? Quais as afinidades naturais da família com cães, gatos ou outros tipos de pets?

animais_de_estimacao1

Em princípio, tratando-se de cães e gatos, é comum ouvir a identificação maior com um ou outro. Em geral, os cães exigem a nossa presença e constante atenção, e também são mais efusivos em demonstrar o quanto nos querem bem (embora isso varie um pouco, dependendo da raça). Gatos são mais discretos nessa área, com seus carinhos silenciosos, mas suportam melhor a solidão, e normalmente podem ficar sozinhos por horas, sem criar problemas.

Há até algumas historinhas que ilustram  a diferença de comportamento entre cães e gatos. Uma clássica é a de que o cão, quando vê o dono lhe dando atenção, carinho, casa, comida, pensa: “Ele me dá tudo, ele deve ser Deus!” Já o gato chega a uma conclusão um pouco diferente: “Ele me dá tudo, então… eu devo ser Deus!”

animais_de_estimacao2

Brincadeiras à parte, só convivendo com os bichos é que se vai entender o jeito de cada um. Gatos são mais independentes, mas sabem ser carinhosos também. Tem gente que se apaixona por outros bichos ainda, como cobaias, hamsters, ou até porcos.

Bem, vale aí a reflexão sobre as condições de adoção (casa, apartamento ou sítio?). É preciso que seja uma adoção responsável, ou seja: você deve ter consciência de que vai cuidar daquele serzinho pelo resto da vida dele (normalmente mais curta do que a nossa).

E há outras opções que podem fazer toda a diferença, como ir até uma entidade que recolhe animais das ruas e adotar um cão ou gato já adulto, castrado e vacinado. Os bichos adultos costumam ter um temperamento mais calmo, se você não tiver paciência para passar por todas as peraltices aprontadas pelos filhotes, pode ser uma boa solução! Ou, ainda, se forem adotados dois filhotes, um cãozinho e um gatinho, há muitas chances deles se tornarem melhores amigos e darem muitas alegrias e exemplos com essa amizade não comum…

animais_de_estimacao4

Bom, para quem se decidiu a receber um cãozinho, o e-book da Magis dá umas dicas bem bacanas para ajudar na escolha da raça e na preparação do novo lar para ele. Mas não esqueça, é importante observá-lo com carinho, para entender suas necessidades e saber lidar tanto com os momentos de alegria quanto com os de tristeza.

Quem mora em apartamento, por exemplo, e tem um cãozinho, precisa ficar atento à necessidade de espaço, passeio e queima de energia. É por isso que o Tate e o Moma Condominium, empreendimentos diferenciados da Magis no bairro Dunas, em Fortaleza, oferecem o Pet Place, um espaço criado exclusivamente – e com todo o carinho – para os bichinhos de estimação.

A linda aventura de adotar um animalzinho abre novas portas no coração e pode, com certeza, ser enriquecedora para toda a família!