Isso é Magis
07
abr

Kairos da Solidariedade

O projeto Kairós da Solidariedade atendeu no dia 03 de abril a instituição ANSPAZ (Associação Nossa Senhora Rainha da Paz). O Kairós da Solidariedade foi organizado e realizado pela Fundação Beto Studart e Instituto Studart com o apoio da BSPAR e Construtora Magis.

No projeto em Fortaleza, a instituição assiste 85 crianças na faixa etária de 06 a 12 anos e 60 famílias. As famílias tiveram um café da manhã e depois as crianças tiveram várias atividades: oficina de leitura, animação com palhaços, sala das princesas e futebol. AO final cada família levou para casa uma cesta básica e as crianças um ovo de Páscoa.

O Kairós da Solidariedade surgiu a partir da idéia de se vivenciar a solidariedade através de um mutirão. Numa manhã foi preparada uma programação em que as crianças pudessem ter um momento de alegria, brincadeira, confraternização em família e de forma muito especial a presença dos voluntário como parte essencial para a troca de experiências.

Um agradecimento especial a fotografa Sara Parente, Pão de Forno e todos os voluntários que tornaram possível esse momento cheio de solidariedade e alegria.

Luzia Júlia Bastos
Coord. Responsabilidade Social

04
abr

Varanda Gourmet

A varanda gourmet é um ambiente que reúne a família e os amigos em ótimos momentos.
Os espaços são decorados com churrasqueiras, pias e até uma pequena área de estar, onde alguns mobiliários são posicionados de forma estratégica.

Embora a varanda gourmet seja coberta, a luminosidade é natural e esta presente sempre. Para isso, investir em móveis indicados para áreas externas, como madeiras revestidas, inox e alumínios, são a melhor saída para garantir maior longevidade dos produtos.

Escolha móveis com vários compartimentos, prateleiras e tábuas para armazenar os produtos e os alimentos. Na varanda gourmet, próximo à churrasqueira, deverá ter gaveteiros para guardar facas, garfos e outros utensílios domésticos. Os alimentos não precisam ficar expostos lá, já que o apartamento ou casa já tem a cozinha.

Quem disse que a parede não pode te ajudar a deixar o ambiente muito mais criativo e acolhedor? Pendure objetos decorativos nelas, como panelinhas e tábuas.

O Tate Condominium e o Moma Condominium são dois de nossos empreendimentos em que as suas varandas foram projetadas para ser um ambiente de descontração com a família e amigos. Garanta um apartamento com espaços que te proporcionem muitos momentos bons!

Conheça o Moma Condominium, clicando aqui:

Moma_nova_2

 

Conheça o Tate Condominium, clicando aqui:

19-Varanda_Gourmet-tate

 

Varanda Gourmet para você se inspirar:

02-cafe-e-a-grande-estrela-desta-varanda-gourmet-paulistana

 

10
mar

Sem exageros

Você concorda que as pessoas têm confundido espaços grandes com qualidade de vida? O arquiteto Graham Hill defende uma ideia que está baseada em: livre-se de alguns objetos e para depois se mudar para um local menor.

Ele já projetou apartamentos de 19m² em São Paulo e ele vive em um de 39m², em Nova York. Então essa premissa de que apartamento pequeno não oferece uma vida com qualidade é conversa fiada.

Agora você está convidado a ler dicas para te ajudar na decoração do seu lar inspirando-se em projetos pequenos.
1. É considerado um erro planejar a casa de acordo com as necessidades que você tem. Por exemplo: recebe poucas visitas em casa e com baixa frequência, então esquece as cadeiras a mais, elas ocupam espaço e não são úteis.

Para evitar essas medidas ocupadas desnecessariamente, faça escolhas de quais objetos valem a pena permanecer na casa. Então descubra as suas reais necessidades!

2. Outro fator considerado erro são as comprar por impulso. Comprar em excesso é ter viver uma verdadeira disputa pelos espaços, onde esse enfeite pode ficar? em que lugar devo deixar esse móvel que comprei? Então, antes de comprar se faça essa seguinte pergunta: Realmente preciso disso? Não compre por emoção, uma forte dica 😉

3. Se você não é muito de ir para cozinha e usa poucos eletrodomésticos, não há necessidade de comprar todos eles. Apenas o que de fato será mais usado. Tenha produtos que sigam o seu estilo de vida, tem pessoas que nem precisam de forno!

Se ficar com vontade de comer algo e não pode fazer, então use os serviços telefônicos para pedir aquela pizza.

 

Experiência de Graham Hill:

O canadense aprendeu a viver com pouco depois de, quem diria, lidar com o excesso. Hill ficou milionário antes dos 30 ao vender a empresa que fundou, uma consultoria de internet. Comprou um casarão na cidade de Seattle, Estados Unidos. Preencheu com móveis e eletrodomésticos. Comprou dois carros e uma infinidade de aparelhinhos eletrônicos. Mudou-se para Nova York, onde alugou um loft descolado. Até contratou um personal shopper.

Nesse período, o empresário descobriu que novidades perdiam rapidamente a graça rápido, mas exigiam constante energia para manter, transportar e gerenciar. A lição ficou clara depois que resolveu viajar pelo mundo com Olga, uma bela andorrana. Ele se descobriu feliz da vida longe de seus bens – morando em diferentes cidades do mundo e carregando apenas roupas, laptops e produtos de higiene nas viagens.

Quando o namoro acabou, o arquiteto resolveu simplificar a vida. Vendeu a casa (não sem muita burocracia) e se mudou para outro apartamento em Nova York, dessa vez com 39 m². No espaço, trabalha e recebe até doze amigos – dois podem passar a noite por lá.  O apartamento teve tanta atenção da imprensa que Hill abriu a Life Edited.

5-Dicas-para-se-Viver-Melhor-em-Apartamentos-Pequenos-1

Fonte: Casa.com.br

 

03
mar

Produzindo novos neurônios!

Como assim produzir novos neurônios? Bom, um estudo foi realizado por Pesquisadores da Universidade de Jyväskylä, na Finlândia que afirmaram que a prática de correr pode aumentar a quantidade de células cerebrais, em ratos.

Colocando os roedores em três práticas diferentes fez com que fossem observados e detectassem que dentre correr, levantar peso e treinamento de alta intensidade, a corrida mostrou que os níveis celulares cerebrais cresceram e nas outras atividades esse mudança foi imperceptível.

Adaptando os exercícios a cada grupo, o primeiro corria espontaneamente três vezes na semana por 30 minutos. Os que levantavam peso, tinham o peso amarrado em seus rabos e eram submetidos a subir escadas e os últimos, corriam com arrancadas maiores e depois diminuíam, com aplicações de choques que os faziam correr no seu limite.

“De acordo com a pesquisa, o estresse pode estar relacionado com o fato das células não se reproduzirem nos outros casos. Tanto o levantamento de peso, quanto o treinamento de alta intensidade deixavam os ratos mais estressados.” – Exame.com

O estresse reduz a neurogênese adulta, enquanto a prática de correr por livre e espontânea vontade registraram o crescimento celular.

Quem sabe depois desse estudo você se inspira a correr! Nossos empreendimentos apresentam academias e outras áreas ao ar livre para correr ou praticar um esporte com os filhos. Nós, da Construtora Magis, estamos sempre pensando em seu bem-estar e qualidade de vida.
Acompanhe as nossas redes sociais e até a próxima notícia!

Magis-Residencial_Multifamiliar-Fitness-Outdoor-Pista-Cooper-Parklet-HR

27
jan

Volta às aulas com lanches deliciosos e saudáveis!

Enfim a volta às aulas! Para os pais, a oportunidade de providenciar muito mais do que material escolar: é um bom momento para planejar hábitos que consolidem a opção por uma alimentação mais saudável. Assim, alguns cuidados são importantes. 

VOLTA-AS-AULAS-2

A indústria de alimentos não para de crescer e os apelos que utiliza para incentivar o consumo de produtos poucos saudáveis estão em todo lugar. Vale, então, um diálogo com os pequenos sobre a importância de consumir lanches que garantam uma melhor qualidade de vida. Os salgadinhos industrializados, por exemplo, têm muito sódio e seu consumo excessivo provoca hipertensão precoce.

O ideal é que a família inteira aproveite a oportunidade para adotar uma dieta mais saudável, assim vai ser mais fácil negociar os lanches com as crianças. Afinal, o que elas observam como hábito de pais e familiares é o que conta, e não o discurso. Em casa, devem estar disponíveis diversos tipos de frutas frescas e outros alimentos saudáveis. 

volta-as-aulas-5

Sobre o que se deve evitar, anote aí: o que é rico em açúcar, gordura e sódio (leia os rótulos!), biscoitos recheados, refrigerantes, doces e salgadinhos industrializados. Se for preciso negociar, deixe estas opções apenas para finais de semana e festas. Os sucos de caixinha não são recomendados, pois podem ter ainda mais açúcar que os refrigerantes. Substitua por água de coco ou sucos naturais.

Garanta sempre pelo menos uma fruta, como goiaba, banana, pera, maçã, mamão ou laranja. Para isso, confira as preferências do seu filho! No lugar do leite, requeijão e queijos, você pode incluir iogurtes, leites fermentados e danoninhos.

Os sanduíches devem ter, de preferência, componentes light, como peito de peru, presunto magro, queijo branco, frango desfiado, atum. Os recheios podem ser incrementados com cenoura, beterraba ralada ou alface, e o pão, claro, é integral!

Os pais que optam por uma conta na cantina devem verificar quais as opções disponíveis e combinar com crianças (ou jovens) o que será consumido. Ah, para os lanches preparados em casa, as negociações podem incluir que em um dia da semana a criança escolha os componentes de seu lanche. 

VOLTA-AS-AULAS-1

Mas lembre de manter o equilíbrio da refeição. Os nutricionistas recomendam uma fruta ou suco, uma fonte de carboidrato (barrinha de cereal, biscoito ou pão) e uma fonte de proteína (frios, iogurte). Varie as opções, para suprir diferentes necessidades do organismo sem que as crianças enjoem dos lanches. Os alimentos caseiros normalmente são a melhor opção, por serem mais nutritivos.

Com o tempo e lanches de primeira como estes, é natural dar-se conta de que outros tipos de comida não valem a pena. O paladar se acostuma com o que faz bem, e o melhor é que isso não vale só para os pequenos. Então, bom retorno às aulas… e bom lanche! 

volta-as-aulas-familia